Nos últimos 240 anos, nenhum grupo tem sido tão amplamente comentado num submundo envolto numa nuvem de teorias conspiratórias confusas, como o Illuminati. No sombrio mundo das sociedades secretas, os Illuminati da Baviera ou “Perfectibilistas”, como eles originalmente chamavam a si mesmos, já deixaram sua marca na história. Infelizmente a informação escrita sobre eles, até este ponto, tem sido manchada e pervertida em uma miscelânea de verdades e mentiras. Pessoas e grupos, que incluem todo o espectro de crença política e religiosa, têm se unido para atacar um inimigo comum que é apenas uma ilusão com um nome emprestado: Illuminati, e o nome de seu fundador Dr. Adam Weishaupt - E estamos aqui para limpá-los.

Em 1776 um professor de direito canônico da Universidade alemã de Ingolstadt na Baviera, Adam Weishaupt, fundou uma ordem secreta chamada "Os Perfectibilistas", que passou a ser conhecida como "Illuminati", recrutando os primeiros irmãos que estavam entre os seus próprios alunos.


A ordem de Weishaupt guardava uma sabedoria antiga, e os segredos mais importantes eram revelados somente àqueles que ascendiam pelos graus mais altos das iniciações. Os Iniciados se agrupavam em pequenas células de conhecimento chamadas de Assembleias de Minervais. O sistema sempre foi rígido e sistematicamente militar.



Existe atualmente ligação entre os Illuminati e Maçonaria?

Embora muitos teóricos da conspiração contemporâneos afirmem que os Illuminati são compostos apenas pelo “Alto Escalão” da Maçonaria (maçons do 33°), muitos outros teóricos da conspiração afirmam que este é um “peixe pequeno” improvável que distrai as conspirações reais e comprováveis​​. A Maçonaria não possui qualquer outra conexão senão apenas uma breve associação histórica com os Illuminati da Baviera no século XVIII.

Muitos teóricos da conspiração usam os termos Maçons, Illuminati, Governo de Ocupação Sionista e Nova Ordem Mundial quase como sinônimos.



 
Breve história da Ordem Illuminati da Baviera
 
PERFECTIBILISTS
Livro de Terry Melanson